07 julho, 2010

Resenha : Sorte ou Azar? Meg Cabot

Gostou deste artigo? Então clique no botão ao lado para recomendá-lo aos seus contatos do Google! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter e assinar nosso Feed.
Bom, como todos que costumam me visitar, sabem da minha paixão por livros. Aproveitei as minhas ferias da faculdade pra continuar a ler um livro que havia deixado pela metade.
O livro de hoje é Sorte ou Azar? de Meg Cabot.
Vou ser sincera, nunca fui fã número 1 de Meg, porém após ler Formaturas Infernais (que tem um conto dela em meio a outros de mais algumas autoras como Stephenie Meyer - minha paixão) e agora Sorte ou Azar, vou confessar que Meg Cabot está entrando na minha lista de autores prediletos.
A forma com ela escreve é ótima, acaba sendo uma leitura leve e que sempre deixa um gostinho de quero mais!

Então vamos ao que realmente interessa, a resenha do livro:
Sorte ou Azar?
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Páginas: 288

>> COMPRE AQUI <<!

Jean, ou Jinx, como todos a chamam por sua falta de sorte, que já ao nascer deu seu primeiro sinal de azar - um raio atinge o hospital em que ela nasceu e deixa todo o local sem energia - e assim começa a trajetória de azar de Jinx.
Após um fato ocorrido em sua cidade, seus pais e ela decidem que Jinx deveria passar um tempo na casa de seus Tios em Nova York.
Jean achou que se mudando seria tudo esquecido e quem sabe sua sorte mudaria, mais a menina se enganou!! Ai que as coisas pioraram. 
Sua prima Tory que antes era uma menina comportada como Jinx, agora se tornou uma garota rebelde, com cabelos tingidos, maquiagem pesada e ainda acha que é a Bruxa em que como conta sua avó a historia da Tataravó das meninas que uma delas seria herdeira do dom para realizar magias. 
Tory esta convencida de que tem esse poder e vive fazendo feitiços que ela acha que estão dando certo até sua prima Jinx chegar e ela perceber que quem realmente tem o poder é ela. 
Jean, tenta negar seu poder, pois ja se meteu em uma grande confusão por mexer com isso (confusão na qual fez ela sair de sua cidade e vir pra Nova York), mais uma vez o azar bate em sua porta e faz com que ela se apaixone pelo vizinho de sua prima, vizinho que Tory está perdidamente apaixonada. Ao perceber os sentimentos de Jinx por Zach a guerra começa. 
Tory fazendo de tudo para humilhar a prima, tirar seus poderes, mostrar que ela é quem é a merecedora dos poderes e de tambem de Zach, em quanto Jinx tenta tirar da cabeça da prima louca que não se deve mexer com essas coisas da maneira como ela está fazendo. Porque como Jean diz: "O amor melhor e mais duradouro tem magia própria, e nao precisa de ajuda de nenhum feitiço".

0 comentários:

Postar um comentário

Add This

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...