18 junho, 2010

Unhas Hidratadas são tudo

Gostou deste artigo? Então clique no botão ao lado para recomendá-lo aos seus contatos do Google! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter e assinar nosso Feed.
Por que não tirar as cutículas?

Desde que somos jovens e começamos a conhecer a vaidade, uma das primeiras coisas que tomamos conhecimento é  “fazer as unhas semanalmente” – seja no salão ou se aventurando em casa mesmo, munida de um alicate, espátula, palitinho e por aí vai. O fato é que nunca me falaram o porque de não tirar as cutículas. O que eu tinha em mente era que “precisava tirar as cutículas porque senão as unhas ficavam feias e com cara de desleixo”. O tempo passou, várias semanas correram e todas nós lá, seja na manicurista ou em casa mesmo: aquela trilha de cutículas retiradas, aqueles bifes generosos e no final, é tão bonito na hora, mas só esperar mais 7 ou 5 dias para a cutícula dar oi de novo e lá vamos nós para o ritual “arranca pele” tudo novamente.
O hábito é tanto que é praticamente impossível pensar em não fazer tudo isso e ainda querer ter unhas bonitas. Não?
Sim, até o momento que você para e pensa: bom, se eu nasci com isso, porque eu tiro, tiro, tiro e ela cresce cada dia mais e é “um problema que me acompanha” ao invés de ser apenas uma parte do meu corpo que eu cuido e ela fica quieta, sem me atormentar e não deixar minha mão feia?
Pois é isso: as cutículas não estão aqui nas mãos por acaso, o papel delas em nosso corpo é de proteção ao organismo  e sim, são frágeis, sensíveis e não devem ser retiradas. Por quê?

“Quando existe a ação constante do agente agressor, ou seja, causando uma inflamação crônica, isso causa um aumento de volume no local, criando um grande desnível entre a pele (cutícula) e a unha.”
“A retirada da cutícula pode favorecer a instalação da paroníquia que consiste na infecção  da pele que rodeia a unha, habitualmente causada pela levedura Candida albicanse, mais raramente, por bactérias.”
Quais os cuidados para se evitar a paroníquia?
É importante manter as mãos sempre secas, está proibida a retirada de cutículas. – segundo palavras do Dr. Adriano Almeida, dermatologista, especialista em medicina estética e professor da pós-graduação de dermatologia da Fundação Pele Saudável.
Entenderam porque quando tiramos muita cutícula nossos dedos ficam inchados, vermelhos e doloridos? E pode ser o esmalte mais lindo do mundo pra dar acabamento: não ficará bonito.


A foto abaixo serve de inspiração e para quebrar tabus que “unhas bem feitas são aquelas com cutículas invisíveis e bem fundas”
[clique para ampliar]

 Michele é uma holandesa, blog da Micheli tem 26 anos e nunca tirou as cutículas. Sim, nunca tirou as cutículas e essas unhas são naturais, dela e perfeitas. Uso essa foto de inspiração para ver que  é super possível ter unhas lindas com cutículas! Usem-na também! (o esmalte é bapho, eu sei – é o Vampira Polish da Eyeko, logo falo dele aqui)

[Texto de Daniele, www.unhabonita.com.br]

Uso e Indico – Creme para unhas e cutículas Nutriplus C – 15 ml

Hidratação é tudo gente!
Amo esse creminho, vivo com ele perto de mim, como é fácil e pratico de usar (tem uma pontinha o que torna mais fácil ainda) em qualquer lugar você pode passar, enquanto espera o ônibus, na fila do banco...

Sabe a dica da nossa amiga Michele (moça das unhas perfeitas rsrs) a única coisa que ela faz e leva de capricho é: passar um redutor de cutícula, empurrar a cutícula com uma espátula ou aqueles palitinhos e HIDRATAR, sempre, toda noite antes de dormir ela passa o hidratante nas cutículas, é o hidratante que vai manter ela bunitinha, no lugar e sem levantar aquelas pelizinhas!!
Então o que está esperando para comprar seu hidratante!! E deixar de lado os alicates e cuidar não só das suas unhas como da sua saúde!

E ai o que acho da matéria??? Vai continuar tirando suas cutículas???

0 comentários:

Postar um comentário

Add This

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...