14 janeiro, 2010

Axilas sem manchas

Gostou deste artigo? Então clique no botão ao lado para recomendá-lo aos seus contatos do Google! Aproveite para nos adicionar no Facebook, seguir no Twitter e assinar nosso Feed.
erão é hora de tirar saias, sandálias, vestidos de alça e regatas do armário. Mas para se sentir totalmente à vontade com roupas mais curtas, é preciso estar de bem com o próprio corpo.
As axilas escurecidas são um exemplo das preocupações que surgem quando vamos nos vestir – de forma mais exposta – para o verão. Essa tonalidade, que muitas vezes nos constrange, podem ser evitadas se conhecermos melhor nossa pele. Segundo a dermatologista Isadora Menezes de Andrade, isso ocorre, geralmente, após uma inflamação. “É a hipercromia pós-inflamatória, que pode ser causada por um desodorante que irrita a pele, cera quente, pelos encravados e, em pessoas mais gordinhas, até pelo próprio atrito dos braços”, diz.
Pessoas morenas são mais suscetíveis a esse fenômeno. Nesses casos, o que acontece é uma ativação de mais células de melanina na região. “O motivo ainda é desconhecido”, esclarece Isadora.
Para evitar o desconforto e até aquela certa vergonha de expor essa parte do corpo, é importante observar o que está causando isso. “Quem tem alergia a bijuterias, por exemplo, em geral não tolera o uso da lâmina de barbear na pele, pois os dois são feitos de níquel”, lembra a dermatologista Flávia Guglielmino. É preciso ficar atenta ainda à cera quente e aos desodorantes com álcool ou perfume, já que eles também podem causar inflamações. Preferir roupas de algodão e evitar o contato da pele com tecidos de lã também ajudam a manter a cor natural das axilas.
Fonte: www.portalvital.com
Quer ser uma Consultora Racco
Entre em contato:
Indianara Collioni
Dirigente Silvers Club
48/8844-8275
Email/Msn: nara_racco@hotmail.com

0 comentários:

Postar um comentário

Add This

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...